EXPLICAÇÕES GERAIS SOBRE OS ADJETIVOS NA LÍNGUA LATINA

LIÇÃO VIRTUAL N. 15

15. EXPLICAÇÕES GERAIS SOBRE OS ADJETIVOS NA LÍNGUA LATINA

ADJETIVOS DE PRIMEIRA CLASSE E DE SEGUNDA CLASSE

Os adjetivos em latim são divididos em duas classes, para fins de enquadramento nas declinações. Assim, os adjetivos que seguem as duas primeiras declinações, ou seja, a forma feminina segue a primeira declinação e as formas masculina e neutra seguem a segunda, são considerados adjetivos da primeira classe.

Exemplos de adjetivos da 1a. classe:

Bonus, bona, bonum – bom, boa; (bona segue a 1a. declinação; bonus e bonum seguem a 2a.)

Pulcher, pulchra, pulchrum – belo, bela;

Dignus, a, um – digno, digna;

Jucundus, a, um – alegre;

Liber, libera, liberum – livre;

Os adjetivos que seguem a terceira declinação em todas as suas formas são considerados de segunda classe. Estes adjetivos podem ser uniformes, biformes ou triformes, dependendo de terem uma única forma para todos os gêneros, ou de terem a mesma forma para o masculino e o feminino e uma outra forma para o neutro ou então terem uma forma para cada gênero.

Exemplos de adjetivos uniformes:

Sapiens, sapientis – sábio;

Velox, velocis – veloz – assumem a mesma forma no masculino, no feminino e no neutro;

Exemplos de adjetivos biformes:

Communis, commune – comum; (a primeira forma corresponde ao masculino e feminino; a outra é o neutro)

civilis, civile – civil;

Omnis, omne – todo, toda.

Exemplos de adjetivos triformes:

Celeber, celebris, celebre – célebre, famoso; (masculino, feminino e neutro)

Terrester, terrestris, terrestre – terrestre.

CASOS ESPECIAIS

1 – Os particípios presentes dos veerbos em latim terminam sempre em ‘ns’ e são conjugados como adjetivos de segunda classe, seguindo a terceira declinação.

Exemplos:

Docens, docentis – docente, aquele que ensina;

Discens, discentis – discente, aquele que aprende;

Laborans, laborantis – aquele que trabalha, o trabalhador;

Dicens, dicentis – dizente, aquele que diz;

Dormiens, dormientis – aquele que dorme.

2 – Quase sempre, os adjetivos desta classe são empregados também como substantivos.

3 – Ao adjetivo empregado na forma neutra plural, desacompanhado de substantivo, na tradução para o português, faz-se necessário acrescentar a palavra ‘coisa’, que em latim fica subentendida.

Exemplos:

Omnia viventia – todas (as coisas) vivas (seres vivos);

Bona iuvant. – (as coisas) boas agradam;

Mirabilia laudo semper. – Louvo sempre (as coisas) admiráveis.

4 pensamentos sobre “EXPLICAÇÕES GERAIS SOBRE OS ADJETIVOS NA LÍNGUA LATINA

  1. Analtino Inácio disse:

    Na verdade, dada a importância de que se reveste o Curso de Latim, não podia não gostar.

  2. Eros Pacheco de Macedo disse:

    Muito bom. Pederia ser mais aprofundado? Eros. erosmacedo@hotmail.com

  3. Ribeiro Jolomba disse:

    Vão ajudar muintos estudantes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s